8º dia

domingo, 18 de dezembro de 2011. véspera de virar a idade dos dois patinhos na lagoa, da loucura,…

na praça vanhargem, Tijuca:

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o evento Norte Comum.

foto: internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o coletivo Farani Cinco Três foi convidado para fazer uma performance poética. tinha uma sanfona no fundo, subíamos em dupla e falávamos um poema. duas rodadas. fiz dupla com a Silvia Castro. muito bom, consegui falar dois poemas que nunca tinha dito em público (do mangue à triagem e menáge a No meio do caminho, de Drummond). no final da apresentação, depois de agradecermos a platéia, joguei alguns livros pro alto, a galera se aproximou e pegou. não ficou um no chão! bom!

e na praça vanhargem continuamos. intervenções estavam espalhadas pelo local:

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ao anoitecer, Diahum entrou no palco e apresentou seu show! show!

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

depois do show, mais um tempinho pela praça…

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ali: não depenei os patinhos jogando-os pro ar. entreguei de mão em mão alguns livrinhos para um público bom.

aí: só o impossível acontece, o possível apenas se repete, se repete, se repete…” (chacal)

o grande camarada Thadeu, Farânico como eu, conovou a galera e cedeu seu ninho pra rapeize se abrigar do temporal. sensacional! Thadeu, valeu!!! sem fotos, senão não seria social. umas 15 pessoas (?), dois violões, um pandeiro, uma zabumba(?), um tamborim(do jô soares?), alguns poetas com a palavra solta libertando-as no ar. à meia-noite velas e parabéns! 3 patinhos sobraram dos 200! 197 alçaram seus voos às mãos dos leitores. noite inesquecível, graças ao Thadeu!!! valeu, Thadeu!!!

Anúncios

7º dia

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

hj o evento foi underground.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

(literalmente).

praça Luís de Camões. Glória. no cine glória rolou o evento Capacete Subsolo.

foto: internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

na chegada uma coincidência: domingos em cartaz.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e uma indecência: o cinema está com problemas técnicos.

este ano ainda vejo este filme.

no corredor de entrada:

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

do lado do bar conheci uma gravadora e uma editora.

Transfusão Noise Records – http://www.transfusaonoiserecords.blogspot.com/

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Bolha Editora.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

da Bolha trouxe algumas coisas pra casa. além de deixar o 22 com eles, é claro.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o hq é de autoria da Chiquinha (www.chiqs.blog.uol.com.br) e da Cynthia B. (www.graoemgrao.wordpress.com)

o zine e os brindes não sei quem fez.

dali pro show! que show! rock no cinema! yeah! rock no cinema! duas bandas embalaram a madrugada na frente do telão:

My Midi Valentine – (http://mymidivalentine.bandcamp.com/)

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

e Lê Almeida e Wallace Costa (http://www.youtube.com/watch?v=xMjmaCXIids&feature=relmfu)

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

rock no cinema! sensacional!!

do Lê Almeida e Wallace Costa até gravei um vídeo, que não faz jus ao bem produzido som da banda, mas que mostra um pouquinho de como foi curtir o show largadão na poltrona. compartilho:

 

6º dia

são pedro alivou. aproveitei para – como sempre – unir o útil ao agradável. terça-feira. o sol botou a cara, o corpo pediu: praia!

os patinhos saíram da lagoa e foram se banhar no mar. posto 9 foi o lugar escolhido para tostar, e também o livro pra acompanhar a viagem.

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Posto Nove está para a

praia assim como a praia

está para a cidade.

A praia é o lazer da cidade.

O Nove é a onda da praia.

A praia é o corpo na

cidade. O Nove é a nudez

do corpo. A praia é a

primavera da cidade.

No Nove, o verão se espraia.

A praia aquece a cidade.

O Nove queima,

incendeia. A cidade bebe.

O Nove se embriaga.

Vocifera e vai embora!” (Chacal)

um barato viajar lendo o Posto 9 dos anos 70/80 descrito por Chacal e fazer comparações com o atual. jogo das diferenças.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

uma delas a vaquinha segurando a tocha olímpica, equilibrando livro com a cabeça e rebolando com bambolês: a imagem do carioca pela prefeitura para o mundo.

melhor mostrar coisa boa.  compartilho:

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

5º dia

domingão de sol. aproveitei a tarde pra dar um pulo na Babilônia Feira Hype. lugar de moda, música e arte. esbarrei com algumas coisas boas por lá. compartilho:

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

muitos patinhos voltaram pro ninho. vão dar um rolé na feira hippie… 😉

4º dia – parte 2

este foi um grande dia. tão grande que o post foi dividido em dois. à tarde encontrei com os camaradas Edgar e Felipe. e à noite fui pra rua distribuir o livrinho.
peguei a sessão gratuita das 18h10 que está passando Evoé – Retrato de um antropófago, documentário sobre Zé Celso Martinez, no Unibanco Arteplex, em Botafogo.

foto: internet

foto: internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o filme é muito bom. não conhecia quase nada sobre Zé Celso Martinez, além do nome Zé Celso Martinez. descobri um cara contestador, ousado, provocativo – palavras clichês, mas coerentes. o cinema oferece a sessão gratuitamente, sexta-feira, às 18h10, ainda assim, éramos seis na platéia. acontece. na saída fila pra comprar ingressos para o filme do Almodóvar. acontece.

voei dali pra Gávea. aí sim uma coisa que não deveria acontecer. iria assistir Domingos, documentário de Maria Ribeiro sobre Domingos Oliveira.

foto: internet

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

só que confundi e peguei o horário de exibição de um cinema de São Paulo. cheguei às 20h30 pra suposta sessão de mesmo horário, fui informado que aqui, no Rio, somente na sessão das 16h40. (não era pra acontecer, mas) acontece. Domingos fica pra domingo. (clichê) acontece. ou quinta, na verdade… domingo tem Babilônia Feira Hype.
aguardem…

4º dia

após alguns dias impossibilitado de fazer divulgação, por conta do tempo, trabalhos, faculdade.

hoje à tarde distribuí dois livrinhos em mãos.  duas mãos que eu aperto com satisfação e alegria há mais de 10 anos!

são elas: a mão de Edgar Ribeiro, o tal do Ediie, que desfere as paletadas na guitarra e comanda toda a parafernália sublime de seu projeto independente 27 Forms, do qual recebi o belo álbum Zerout. compartilho com vocês a foto do disco e uma resenha que escrevi como desafio próprio de escrever a partir de sons (das 17 músicas, 14 são instrumentais – sensacionais!):

foto: César Campos

pra quiser conhecer o bom som: http://www.wix.com/webanda/27forms – contato: gradepreta@hotmail.com
Link para a resenha: http://migre.me/74ZXK

outra mão que recebeu o 22 e deu arte em troca foi o grande amigo Felipe Parpinelli, com seu cd A Nova Era de sua banda Nave de Prata. grande disco, com grandes nomes, como as participações de Sérgio Magrão e Fernando Venturini, do 14 Bis, e Evandro Mesquita, como compositor da música O Segredo. compartilho:

foto: site da banda

site: http://www.navedeprata.com/ – contato: (21)8705-8689 – Isio Soares

grande encontro. nostalgia. sintonia sempre ativa. amizade bonita, bonita, bonita…

foto: Felipe Parpinelli

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

obrigado, irmãos!

3º dia

aproveitei que tava rolando muita coisa boa na programação do Festival Internacional CulturaDigital.Br e decidi unir o útil ao agradável. aproveitei para divulgar o 22. primeiro fui assistir a palestra de Kenneth Goldsmith no Odeon.

foto: César Campos

dali pro imponente MAM.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

papo bom no ar. grandes cabeças pensantes. Marcus Vinicius Faustini não estava na tenda Arena, mas parecia em uma batalha. falando com ardor sobre redes, cultura digital e cultura livre.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

oficinas aconteciam no espaço ao lado.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

no meio disso tudo um grande encontro. Diego. o cara vende imãs, que se auto-denominam imãs cults. o acervo é fantástico contendo grandes obras do cinema, literatura, música, arte em geral. agora o mais sensacional, o cara anda com uma impressorinha Polaroid portátil, e com ela imprime foto tiradas na hora com seu celular ou baixadas da internet. não pensei duas vezes, pedi pra ele fazer um imã com a capa do 22. pedido feito, enquanto ele preparava aproveitei pra escolher mais alguns para adornar minha geladeira. olha aí:

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

os contatos dele: imascult@gmail.com / facebook.com/imascult / facebook.com/imasculturais / (11) 8594-8940 – Diego

do MAM pra L.A.P.A. escadaria Selarón. bloco Planta na Mente fazendo a cabeça.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

grandes encontros também. não só distribuí alguns livrinhos, como recebi de volta arte de quem também tava ali para divulgar seu trabalho. como o zine de Luiz Silva (fosforo_eletrico@hotmail.com)

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o cd do Poeta Peixoto (poetapeixoto@yahoo.com.br)

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

o sapo de origami de Akira.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

além de quem não retribuiu com arte, mas ajudou bastante a divulgar o 22, como Pink, e sua galera punk. deixei alguns com eles. um tempo depois voltei. Pink estava com vinho, disse que vendeu dois livrinhos, 7 conto cada, e que a galera se interessava, gostava. dindin pra ele, um pouco de vinho pra mim. tudo certo. os patinhos seguem seu rumo que é chegar às mãos de leitores. Pink, o primeiro distribuidor do meu primeiro livro.

alta madrugada, ainda na Lapa, propus um acordo pra vendedora da banca Rasta. o mesmo que pro Pink, deixei alguns livros com ela, o que ela conseguisse arrecadar ficaria para ela. topou. botou pra expor na banca. bacana.

resultado: saí com 40 livros, todos encontraram uma mão amiga e se espalharam pelo cosmos.

fim de noite boa! boa noite!

2º dia

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

hoje como o tempo estava para pato na chuva, decidi não distribuí-los de mão em mão na Lapa.
em vez de mão em mão, os distribuí (literalmente) de estante em estante, mesa em mesa do Canto Poético, no Teatro Escola SESC.

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

lugar bom, onde se encontra muita coisa boa sobre poesia e literatura.
foi lá onde conheci obras da poesia marginal, como as da Nuvem Cigana e Chacal, e outras, como as de Gregório Duvivier e Rogério Skylab.

foto: César Campos

deixei 2 livrinhos em prateleiras.

foto: César Campos

e 2 na mesa.

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pra quem não conhece fica a dica para visitar. passando lá aproveite pra folhear o livrinho dos patinhos.

Canto Poético, mezanino do Teatro Escola SESC

Av. Ayrton Senna, 5677 – Jacarepaguá – Rio de Janeiro

tel.: (21) 3214-7404

1º dia

hoje dei em mãos meu livro na Penha, Jacarepaguá, Botafogo, Humaitá e Praça Tiradentes.

na Penha saindo de casa indo pro trabalho. em Jacarepaguá no trabalho.

em Botafogo algum profeta previu a passagem do 22 por lá:

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

foto: César Campos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

dali para o Humaitá. dia de cep 20000. mais patinhos entregues em mãos.

foto: Luiz Zidane

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

do Humaitá pra Praça Tiradentes. do cep pro jazz.

                          

foto: Luiz Zidane

foto: Luiz Zidane

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

obrigado a todos que se interessaram pelo livro.
hoje saí de casa com 50. voltei com 3.

até breve!

blog pro livro

olá, vc! benvindo ao blog do livro 22, farei daqui, a partir da próxima semana, meio que um diário de bordo. vou compartilhando o que encontrar pelo caminho. pelo caminho vou distribuindo meu livrinho. espero na semana que vem poder compartilhar o vídeo fazendo o 22. valeu!!